"Quero poder andar por ai.Conhecer lugares e pessoas. Quero amar e dizer que o amor não é apenas um conto, Mais uma realidade."

domingo, 5 de julho de 2009

CORPO E ALMA NUA!!!!

È madrugada,

Faz um frio danado

O sono me abandonou faz algum tempo,

Levanto e sinto no corpo o cheiro de outro grudado,

Um outro corpo que vejo sobre a cama, quase sumido embaixo do cobertor

O resto de uma vela queima ao lado da cama,

Ilumina com uma luz amarela parte do quarto e aquele corpo conhecido

Um corpo que há poucas horas atrás tremia em meus braços,

Que a pouco suava como o meu e se entregava como o meu fazia,

O vento frio grita lá fora ,

Persiste em entrar pelas frestas da janela, por debaixo da porta e invadir o quarto

A minha alma esta nua, fora despida pelo Amor

Desnudou-me, cravou na minha pele suas unhas e me amou...

Me amou com toda intensidade e poder que só o amor verdadeiro pode amar uma pessoa

Assim o amor anda dentro de mim, nua, descalça, em liberdade, sem culpa, sem medo

Enquanto escrevo estas linhas enrolado num cobertor olho para o corpo nu sobre minha cama,

Esta adormecido,

Antes vivo e ofegante agora repousa serene em sonhos,

Por um segundo desejo penetrar nestes sonhos, invadi-los como invadi esse corpo

Como explorei sua boca, sua pele macia

Sinto ainda o perfume de sua carne, o gosto de seus lábios nos meus,

Lábios doces, que pareciam querer devorar os meus

Mais me contento em ver sua cabeça jogada sobre o travesseiro

Algumas mechas de cabelo estão caídas no seu rosto

Cobre parte dele, parte desse rosto que meus dedos tão bem conhecem seus traços

Ouço o som leve, fraco de sua respiração, que faz tremular a chama da vela

Faz levantar o cobertor que desce e sob,

Olho seu rosto branco que mais branco parece agora por causa da chama

A vela ilumina parte do seu ombro nu, que o vento abraça com ousadia

Invejo este vento que acaricia a sua pele macia,

Que desliza, toca sua cabeça e faz esvoaçar os seus fios negros

Sei que este corpo nu ali não é meu,

Que logo que o dia amanhecer,

Que o sol nascer e os primeiros raios despontar

Este corpo levantara e partira

Mais não quero pensar nisso agora, então fico a olhar

Percebo que sua cabeça mexeu, seus olhos se abriram

E mesmo na penumbra do quarto vejo o brilho azul que aqueles olhos emanam

Um azul de céu, de mar, que me pede que o navegue, que o nade

Sua força é poderosa e me atrai,

Desligo o computador, e volto para cama

E antes que a vela se apague por completo me entrego aquele corpo

E aquele corpo se entrega ao meu,

Somos um só corpo agora no frio de uma madrugada qualquer...

26 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Simplesmente lindo!

Obrigado pela sua visita amigo.

beijooo.

Juliano Sanches disse...

Olá meu caro Camarada.

Desde já, Camarada, assino os muros de visita desse tão gostoso espaço de expressão. Vejo aqui intimidade e leveza na pena. Que belas qualidades! Vale a pena experenciar essas sensações. Adoro a intimidade. O corpo e a alma são como o sol e a lua, se acariciam com intimidade e discrição.

Abraços Cumpade!

Úrsula Avner disse...

Olá meu caro amigo, muito bom seu texto, fiquei pensando nele transformado em um conto com diálogo entre as personagens... seria também interessante. Obrigada por seu carinho, suas visitas são sempre amáveis. Bj e uma ótima semana.

paula barros disse...

Gosto da sua forma de escrever, é de uma inteligência impressionante, eu leitora, vejo a vela, a luz, imagino até o tamanho da vela...e tento ver o corpo, as machas do cabelo, o olho azul, a respiração...e quando penso que o narrador está na cama junto ao corpo está no computador...

Gosto demais, prende a atenção.

abraços

Poeta de um mundo caduco... disse...

Nossa!
Cena conhecida!!! rs.
Belíssimo post, como sempre...
Parabéns.
Bjs.

Daniel Braga disse...

Nossa, adorei.. a parte da vela ficou bem legal =D

~Você voltou com esses posts imensos né.. rs. Contanto que sejam bons.. por mim tudo bem.

~Até a próxima.

*DB*

Luan Fernando disse...

Bem romantico, um sentimento de amor bem intenso e verdadeiro. Sem dúvida é uma madrugada de muito amor e paixão.

João disse...

Os sentimentos para serem descritos precisam das palavras certas, senão viram um monte de nada sem sentido.

Parabens!

Rabiscando disse...

Descrição perfeita de um encontro de amor.

Parabéns pelo blog!

1 beijo!

Jay e Alê disse...

Oi amigo,
Que bom que vc passou pelo Ká entre nós!
Eu to melhorzom heheheh...
Achei bonito o que vc disse: "o amor é uma aquarela", é verdade.
Abraço e espero te ver mais vezes entre nós.

Os intrigantes pensamentos da Lud disse...

Amei este post! Eu, particularmente, gosto de textos que nos fazem visualisar a história, sentir o que o personagem sente! E este post faz tudo isto! Parabéns!

*Obrigada pelo seu coment no meu blog! Realmente, qnd a gente ama, não conseguimos expressar tudo em palavras: os olhos do amado nos trava, nos intimida!

Cain Sodom disse...

Ai Ad, então> obrigado pelas palavras amigas e pelo elogio. Seu blog é ótemo, vc que é um poeta! Aqui vc tem lindos versos meu caro.

PS> faz tempo que não desenho...

Pelos caminhos da vida. disse...

obrigado pela sua visita como tb pelo seu carinho.
Adoro falar de amor,amigos,são bases tb para uma vida feliz.

beijooo.

Identidades Fragmentadas disse...

Quiser manter contato com o escritor do blog identidades fragmentadas:
lucas.rodrigues.lopes@hotmail.com

CARLA FABIANE... disse...

AMIGO******************

"Doce é aquele
que se deixa levar pelo amor.
Trabalhando para permanecer
em contato com seus
sentimentos mais profundos;
estando receptivo ao que de melhor
a vida pode oferecer;
captando através deste sentimento
a beleza em estar presente,
em estar conectado
com a pureza do amor,
que se expressa em nosso coração,
quando estamos abraçados
com a vida, contemplando o Universo.
A doçura é sua entrega ao novo,
ao belo e ao grande despertar."

UM BEIJO E GRATIDÃO POR DERRAMAR SEU CARINHO EM MEU CORAÇÃO****************

Marcelo Novais disse...

Vc fala do amoor como nenhum outro ser!
Parabéns!
adoro seus textos kra!

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho "Anjinho da Sorte" lá no blog esperando por vc.

beijooo

Jay e Alê disse...

Oi amigo,

Estive lendo esse post hj. que lindo. É tão intenso a mistura do real com o sonho não?
É gostoso ver e sentir e mais que isso mesmo que nos sonhos tocar nosso imaginário, é assim que a gente aprende a magia do amor.
Vc tem o dom cara.
Bju nosso.
Jay

Fabricante de Sonhos disse...

Perfeito!
Simplesmente belíssimo!
O amor unindo almas e corpos...
Fazendo de dois, apenas um...
Transformando uma noite em pura magia!

Adoreiiiiii!

Um beijo meu...

sonho disse...

É um amor em plenitude vivido assim...lindo:)
Beijo de um anjo

Felipe Braga disse...

Raapaz... me encontrei aqui. Muito bom ler esse post.
"O sono me abandonou faz algum tempo" Faço das tuas palavras as minhas.
Parabéns.

Rico Salles disse...

Obrigado pela visita, também foi inevitável salvar teu endereço. Abraço!

Vivian disse...

...que encanto de canto!

há poucos dias desativei
um blog de nome Alma Nua.
era lindo...era minha alma
sendo desnudada em cada post.

mas por ebsoluta falta de tempo,
optei por ficar só com o In Foco,
e foi por lá que conhecí você,
menino sonhador...

obrigada pela visita...

volte sempre...rss

bjbj

confesso disse...

Passeando pelos blogs encontro um diário pensante... Lindo...

Alma nua, desnuda pelo amor...

Intenso, liberto, apaixonado...

beijo

Ricardo Aiolfi disse...

o final desse texto em deixou em reflexão
não sei por que ou sobre o que exatamente.

gostei do texto
tem uma sensualidade, num clima de reflexão e um desejo e posse. gostei =]

Anne M. Moor disse...

Poema magnífico! Um descrever de um momento sublime...

Parabéns pelo seu blog.

Abraços