"Quero poder andar por ai.Conhecer lugares e pessoas. Quero amar e dizer que o amor não é apenas um conto, Mais uma realidade."

sábado, 25 de abril de 2009

A CASA DE VENTOS!!!!

As janelas batem violentas contra a parede
A porta se escancará, a casa acorda tremula em suas vigas grossas,
O dono acaba de chegar....
Folhas, flores vêem num redemoinho dançando em seus braços
Embalados como filhos...sussurram baixo os segredos que deixemos largados por ai....
O vento varre o chão... embrenha-se por todos os poros e frestas,
A casa esta desperta...alegre...
Espera que a invada logo...
Ele traz o ar puro... limpo...mais também traz a podridão e a sujeira
Talvez por isso que a casa tenha o cheiro forte de mofo
Há marcas nas paredes e no chão gasto
Marcas traçadas com barro...caneta...uma lamina qualquer..um pedaço de bloco...sangue...
O vento traz a agua e a terra...o resto dos raios de sol..e o começo da noite fria....
Ali é a moradia do vento
Antes uma casa de amantes
Ouvia-se gemidos de corpos,
Palavras de amor...juras...o cansaço do prazer...
Hoje há somente os rangidos sobre a madeira
À noite esculta-se o grito das milhões de vozes em uníssono...uma orquestra de risadas...
Assustam aqueles que ali passam...acham habitar no interior da casa fantasmas
Seres de outros mundos...
Mais é só o vento fechando a porta, as janelas...
Também tem medo desses seres humanos que rodeiam sua casa
Se tranca para dançar... rodopiar com o pó como uma bailarina na ponta dos pés
Se prestar atenção ouviremos a melodia que cantam
Se nos silenciarmos ouviremos o som das vozes que o vento grita...que tanto diz....
Esta convidando os amigos para a dança... basta apenas bater na porta e entrar
Esta nos chamando,
Mais somos covardes....temos medo... medo do desconhecido
O vento porém não se importa....continua a nos chamar...continua a dançar...

15 comentários:

Úrsula Avner disse...

Meu caro autor, o medo do desconhecido de fato é algo que nos acomete enquanto seres vulneráveis e frágeis que somos, mas não podemos nos deixar aprisionar por ele. Interessante a sua reflexão. Inaugurei há poucos dias um novo blog de pensamentos e citações- " Entre linhas e olhares " É só acessar o link no meu blog Sempre Poesia. Faça-me uma visita quando puder. Meu carinho.
http://entrelinhaseolhares.blogspot.com

Úrsula Avner disse...

Desculpe passe o endereço errado do blog
http://pensamentoseolhares.blogspot.com

Cristiane Marino disse...

Oie!

O medo do desconhecido também me assombra, mas procuro o máximo não deixar que o medo me impeça de enfrentar desafios.
Adorei seu poema, gosto de coisas que nos fazem pensar, refletir...

bjins

Codinome Beija-Flor disse...

E o vento traz e leva as palavras que lançamos "ao vento".
O vento... o tempo...
Abraços

Larissa Costa disse...

Lindissimo texto
É sempre um prazer poder passar por aqui e ler palavras tão belas....


parabens e obrigada por visitar meu cantinho


Abraços

José Silva disse...

Também gosto da maneira como escreves. Obrigado pelo comentário.

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje ainda será melhor do que ontem!" Este deve ser seu
pensamento para todos os dias. Acredite, confie em seus planos e a
vida será cada vez melhor. Os seus pensamentos irão determinar o
tipo de vida que você vai ter. Portanto, tenha pensamentos positivos,
de esperança. Confie! Se você pensar que as coisas boas lhe
acontecerão, isto se tornará realidade. Afinal, nosso pensamentos
são como ímã: se você pensar em coisas boas, só atrairá coisas
boas. Se você pensar em coisas ruins, elas virão rapidamente! A
decisão é sua!

(Louise Hay)

beijooo.

alex e! disse...

...nesse texto cê atualiza um traço do fantástico bastante comum, que é o da casa mal-assombrada. No entanto, aqui me parece que o condicionamento se dá muito mais pra dentro, numa viagem que descobre, de fato, o de-dentro de si, uma alma perturbada pelos ecos de algo que não volta mais, trazidos pelo vento que faz bater portas e janelas, as de nós mesmos, assustando-nos vezenquando. Alguns dizem que "uma hora a casa cai". Realmente, uma hora cairá, nem se tem como impedir, mas ficar firme até o último instante é preciso, mesmo que a casa reste vazia até o momento final...

abraço do alex....

CARLA FABIANE... disse...

PESSOA QUERIDA!!!!!!!!!!
QUE NUNCA LHE FALTE PAZ, SAÚDE, AMOR E FELICIDADE!
QUE VC SEJA SEMPRE FELIZ!
UMA LINDA NOITE E UMA MARAVILHOSA SEMANA!!!!!
BEIJOS

paula barros disse...

Temos muitos medos...por vezes enfrentamos uns, e não entendemos porque nos acovardamos diante de outros.

Desculpe a demora em retribuir sua gentil visita.

abraços

Moonlight disse...

E para ouvirmos temos que nos entregar...e esses medos convidam-nos sempre a ficar,sem sabermos o que poderiamos encontrar.
Lindo texto.

Bj cheio de luar

Pedro Antônio disse...

Ei, Ademerson!

Eu adoro o vento! Se for mais de um, então... melhor ainda!

Gostei muito do texto! Gosto de coisas misteriosas que nos levam a imaginar, imaginar, imaginar...

Obrigado pelo comentário! E vamos vivendo em meio aos sonhos, à realidade e aos ventos que, às vezes, nos dão medo, mas também nos aliviam a alma!

Abração! Apareça sempre!

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA

Fabricante de Sonhos disse...

Muito lindo o texto e a mensagem nele contida, meu amigo!

O vento continua mesmo, mas nós não devemos temer. E sabemos disso.
O que ocorre é que na teotia, tudo parece muito fácil. A prática é que é a grande prova de fogo!

Que venha o novo! E que todos nós estejamos preparados para ele!

Tenha um lindo final de semana!
Gostei demais do post!

Beijo meu...

Fabricante...

Olavo disse...

Passando para desejar um otimo feriado e final de semana
Abraços

' Joseαne Costα* disse...

' Passando pra te desejar um ótimo final de semana e te agradecer por mais uma vez visitar meu blog, fico muito feliz qdo você passa por lá...

bjoo's

Josy*