"Quero poder andar por ai.Conhecer lugares e pessoas. Quero amar e dizer que o amor não é apenas um conto, Mais uma realidade."

terça-feira, 31 de março de 2009

ASAS!!!!

Minhas asas já estão abertas
Retesadas até o limite
Prontas para alçar voo...
Ouço o vento me chamar
Sinto meu corpo urrar desesperadamente por sair do chão
Trasladar da terra para o ar...
Então por que ainda não estou voando?
Por que continuo sentindo meus pés tocarem o chão?
Sentindo minha pele ser perfurada pelas milhares de pedrinhas que piso
Sangro...mais continuo a andar...na esperança de subir...
Tenho que voar...tenho que mergulhar no céu...ele me espera
Quero pairar sobre o mar...quero sentar no cume das montanhas..
Quero beijar as copas das árvores....
Quero olhar toda a vida de cima...
Minhas asas batem furiosamente....o barulho é alucinante...
È como um furacão que se aproxima...uma tempestade preste a desabar...
Forço...grito...suo...
Mais não levanto um centímetro que seja
Continuo cravado no chão
Enterrado na terra...
Então minhas asas se fecham de repente
Recolhem-se e se escondem nas minhas costas...
Não foi dessa vez que levantei voo
Talvez eu não saiba mesmo como voar...
Ou então Ele esteja certo no que disse:
"Não é necessário levantar do chão sempre para poder voar"

14 comentários:

FRAN "O Samurai" disse...

Olá amigo!

Acredito que para dar asas a sua vida, você deve se sentir liberto das coisas que te prendem...

Isso se chama liberdade! Algo que poucos tem isso hoje em dia. A sociedade prende nossas asas, o sistema prende nossas asas, o trabalho, a família, a rotina, enfim, com asas presas, alçar voo e ter liberdade fica difícil.

Mas tudo depende da gente.

Abraço e essa postagem é algo para se pensar...

Pedro Antônio disse...

Fantástico!

Tem razão! Muita coisa a ver. Lindo texto! Parabéns!

Mas tenho certeza de que, com essas asas aí, você nunca vai cair para trás (rsrsrsrsrsrs).

Qualquer hora, você estará voando. E será um voo feliz.

Abração.

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA - www.atorremagica.blogspot.com

' Joseαne Costα* disse...

' Olá Ademerson...

Bom, é assim que eu me sinto, quero voar e não consigo, quero me livrar de algumas coisas que já passei na vida e não consigo, tenho que aprender a voar parar poder ser livre, mais uma vez seu texto mostrou que temos algo em comum não é?!
Olha... creio que um dia serei livree...

Abraço

Josy*

Codinome Beija-Flor disse...

Olá!
nem sei como agradecer as palavras que deixou lá no meu cantinho.
Muito obrigada mesmo.
Ler esse seu post em especial (depois voltarei para ler com a devida atenção os demais), me faz pensar quando escolhi o nome para o blog (esse que uso agora, pois o original era "Segredos da Esfinge"), mas um dia eu decidi alçar o voo daquilo que me prendia de forma pesada, resolvi virar "beija-flor".
Acho do muito que eu sentia naquela ocasião vejo retratado em sua palavras.
Parabéns pelo post.
Abraços

Daniel Braga disse...

Quem me dera ter asas.. sentir o vento em minhas costas...

Não é preciso sair do chão para voar.. porém é preciso saber que a qualquer momento qualquer coisa pode mudar.

até a próxima.

*DB*

Pelos caminhos da vida. disse...

Ao nascer de mais um dia, tudo é lindo e maravilhoso. O caminho que se prossegue, a verdade que se faz presente e a vida que se expressa são os dons da plenitude Divina.

Bom dia.

beijooo.

paula barros disse...

Minha nossa, que coisa linda.

Com certeza quem tem vontade de voar, uma dia voará. E talvez já esteja voando.

As palavras voaram lindamente.

abraços. Adorei!!!!

Hayasaka disse...

Adorei
Sempre digo que nossas "asas", são nossas imaginações, e pra "sair voando" é preciso apenas deixar as "asas" bem abertas. ^^
Abrço

Fabricante de Sonhos disse...

Lindo o texto!!!!
Que nunca falte o vento para você voar e cada vez mais e mais alto!
Mesmo de olhos abertos, mesmo com os pés no chão, suba!
O céu é o limite!
Parabéns!!!!!

Ótimo dia para ti!

Beijos grandes...

Fabricante...

Lady Byron disse...

Ademerson, suas palavras são leves e aconchegantes, me arrebatam de todas as maneiras. Sim, não é necessário sair do chão para voar, embora muitas vezes, o melhor seja sair do chão.
Enquanto ao "Memórias de uma Assassina" não consigo parar de lê-lo!
Até estou copiando os textos no Word para seguir uma ordem cronológica da narração...isso dará uma magnífica história, pode ter certeza!

És inteligente, nobre rapaz. Admiro-o muito. Continue assim, o seu jeito de escrever é único e sadio.

Beijos,
Nayara K.
(Lady Byron)

PS: coloquei um poema novo, baseado em uma cena da biografia de Lord Byron.

CARLA FABIANE... disse...

ANJOS SÃO PESSOAS COMO VC!
VOAM SEM SAIR DO LUGAR, ESPALHANDO SUA LUZ E BRILHO EM CORAÇÕES ERRANTES E VÁZIOS...
O MUNDO PRECISA DE ANJOS, PRECISA DE TI ...
UM BEIJO ALADOEM SEU CORAÇÃO.

Mary Jane disse...

"Cê parece um anjo, só que não tem assas..."

Lindo texto, parabéns!


Grande beijo,
Mary Jane

Cristiane Marino disse...

Olá!

Que prazer poder visitá-lo, agradeço de coração sua visita e comentário tão gentil.

Quando cheguei aqui me deparei com escritos tão lindos que fiquei emocionada, é uma honra tê-lo em meu blog, seja muito bem vindo. Já estou te seguindo.
Obrigada pelo seu carinho, saiba que é recíproco!
beijos

Úrsula Avner disse...

Lindo e expressivo poema que revive em nós o sonho de Ícaro. Abraços com meu carinho.