"Quero poder andar por ai.Conhecer lugares e pessoas. Quero amar e dizer que o amor não é apenas um conto, Mais uma realidade."

domingo, 15 de fevereiro de 2009

ALTURAS!!!!

De onde estou observo as colinas e os campos verdes se estenderem,
O céu esta claro, azul e o sol clareia o mundo lá em baixo,
No horizonte vejo surgir um ponto preto, pequeno,
Ganha tamanho cada vez que se aproxima,
Se torna enorme, uma imensa ave a voar,
Voa alto, livre, suas asas movimentado sem parar,
Não param de bater, assim como meu coração que também bate veloz no peito,
Ouço seus guinchos pelos céus,
Sou essa ave que voa livre, que parte sem direção,
Que beija os céus e abraça os mares,
Sou livre para voar como essa ave,
E alcançar todas as alturas,
O vento balança as copas das árvores,
As folhas caem no chão,
Voltam a voar em redemoinhos para longe,
Voam também livres como a ave no céu,
Daqui tenho a sensação que posso ver todo o mundo,
Os mares, os rios, as estradas, os animais, as pessoas,
Sinto paz, uma felicidade imensa me invadir e me encher,
Toco a árvore ao meu lado, sinto sua respiração, sua vida pulsa forte na minha mão,
Sou essa árvore que nasceu do chão, brotou da terra e que leva a terra dentro de si,
Que tomou sol e chuva,
Que lutou contra o vento, as noites geladas e as tempestades,
Sinto isso tudo latejar dentro de mim,
Sinto sua vida correr nas minhas veias,
Ela também sente o que vai dentro de mim,
Sente minha vida correr nas suas raízes,
Minhas emoções, meus medos, minhas aflições, meus sentimentos,
Ela sou eu e passa a me entender,
Compreende meus sofrimentos,
Sabe que sou também parte dessa terra que leva dentro de si,
E para a terra voltarei quando chegar a hora,
Sou essa árvore que cresceu para o alto,
Que quer tocar o céu,
Eu sou eu mesmo querendo sempre ir alto,
Mesmo que a altura me dê sempre medo de subir...

Um comentário:

Reginaldo disse...

achei seu texto muito bom e me fez sentir aquela paz sossegada de fim de tarde que nos sentamos na varanda e jogamos o olhar no horizonte sem compromisso qualquer de viver e ali ficamos a sonhar. Parabéns